domingo, 13 de novembro de 2011

Felicidade tem um preço.

Qual o preço que se paga pra ser feliz?
Vale a pena arriscar por momentos felizes? 
Vale a pena insistir no que acreditamos ser a felicidade?
Até quando insistir?
Se arriscar é correr o risco...
Vale a pena correr o risco e tentar ser feliz mais uma vez?
Quantas vezes vale a pena correr o risco?
Há limite de vezes?
E quando tudo da errado?
E quando algo acontece diferente do esperado?
Valeu a pena?
E quando cicatrizam as feridas?
Vale a pena tentar de novo?
Vale a pena começar de novo?
Se entregar intensamente mais uma vez...
E o medo de viver tudo outra vez?
Qual o preço que se paga pra ser feliz???  
Vale a pena????
Responda-me se puder!!!!    By  Ana Ramos.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Porquê sofremos tanto quando amamos alguem?!

Nos não escolhemos a quem AMAR;
O destino simplesmente nos apresenta alguém;
Que consegue nos encantar simplesmente com um olhar;
Não sabemos ao certo se podemos o chamar de ALMA GEMEA;
Ou se vai ser apenas mais um a nos enganar;
Talvez por medo deixamos essa pessoas nos escapar;
E ao seguir a vida percebemos que ela era realmente
a pessoa que deveríamos AMAR tanto de corpo quanto ALMA;
Sendo assim vivemos em angustia e tristeza profunda
procurando uma forma de esquecê-la ou de tela novamente;
Para vivermos esse grande AMOR ou deixá-lo pra que possamos vive-lo em outra ocasião em que somente a nossa ALMA esteja presente .

Então se você tem alguém que você não quer perder ou que com a convivência você aprendeu amar jamais a deixe escapar amanhã poderá ser tarde de mais para dizer que a AMA .

O amor e louco e inconseguente mas o amor lhe transforma o amor lhe faz querer viver o amor e mágico e quem não ama não sabe o quanto e bom ser feliz com alguém e...  By Ana Ramos 

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Amor verdadeiro

Hoje estou amando mais do que nunca, por mais que eu tente esquecer, acho quase
impossivel você esquecer um amor verdadeiro, um unico amor que durante a sua vida inteira
você não havia sentido coisa parecida, O que é o amor?  O amor é algo inexplicavel, é lindo e as vezes ingrato,
porque na maioria das vezes amamos a pessoa que não tem o mesmo sentimento por você. E  não podemos exigir tamanho sacrificio dela, você não escolhe a pessoa para amar, simplesmente acontece e quando podemos
viver esse "Amor" isso é maravilhoso! você se torna a pessoa mais feliz e completa, Eu acreditava que nada seria impossível para mim, será mesmo?  existem coisas que você pode lutar, eu por exemplo luto contra a mim mesma, eu não posso lutar por algo que é realmente impossível, existem alguns obstáculos, e assim vou vivendo tentando esquecer, sei que não vou conseguir, porque amor puro e verdadeiro não se esquece NUNCA!
O coração é mais forte do que a "RAZÃO" mas é ela que eu terei que usar...
By Ana Ramos

segunda-feira, 2 de maio de 2011

A vida e o amor.

Às vezes as pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer
senão continuar nossa jornada com nosso coração machucado.
Às vezes nos falta esperança, mas alguém aparece para nos confortar.
Às vezes o amor nos machuca profundamente,
e vamos nos recuperando muito lentamente dessa ferida tão dolorosa.
Às vezes perdemos nossa fé, então descobrimos que precisamos acreditar,
tanto quanto precisamos respirar, é nossa razão de existir.
Às vezes estamos sem rumo, mas alguém entra em nossa vida,
e se torna o nosso destino.
Às vezes estamos no meio de centenas de pessoas,
e a solidão aperta nosso coração pela falta de uma única pessoa.
Às vezes a dor nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz querer parar de viver,
até que algo toque nosso coração, algo simples como a beleza de um por do sol,
a magnitude de uma noite estrelada,
a simplicidade de uma brisa batendo em nosso rosto,
é a força da natureza nos chamando para a vida.
Você descobre que as pessoas que pareciam ser sinceras
e receberam sua confiança, te traíram sem qualquer piedade.
Percebe que não há como distinguir os bons e os maus,
pois poucos nascem assim, a vida é que os torna melhores ou piores,
pelas tristezas e felicidades que passaram e experiências vivenciadas.
É como se a vida fosse formada por corações e cruzes,
onde os corações representam nossos momentos felizes,
o carinho e amor que recebemos, e as cruzes são nossas dores,
decepções, sofrimentos, momentos ruins pelos quais passamos.
Então você poderá entender que alguns de nós vivenciaram
pouquíssimas cruzes e muitos corações o que fará com que
essas pessoas tenham muito mais amor a transmitir,
outras passaram pelo contrário e são predominantemente frias, insensíveis,
buscam coisas materiais, acreditam que os fins justificam os meios,
com essas é preciso ter cuidado, alguns podem mudar e melhorar,
outros podem mudar você e trazê-lo para a realidade deles.
Assim ao conhecer alguém preste atenção no caminho que essa pessoa percorreu.
Não deixe de acreditar no amor, mas certifique-se de estar entregando
seu coração para alguém que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá,
manifeste suas idéias e planos, para saber se vocês combinam,
esteja aberto a algumas alterações, mas jamais abra mão de tudo,
pois se essa pessoa te deixar, então nada irá lhe restar.
Aproveite ao máximo seus momentos de felicidade,
quando menos esperamos iniciam-se períodos difíceis em nossas vidas.
Tenha sempre em mente que às vezes tentar salvar um relacionamento,
manter um grande amor, pode ter um preço muito alto
se esse sentimento não for recíproco, pois em algum outro momento
essa pessoa irá te deixar e seu sofrimento será ainda mais intenso,
do que teria sido no passado.
Pode ser difícil fazer algumas escolhas, mas muitas vezes isso é necessário,
existe uma diferença muito grande entre conhecer o caminho e percorrê-lo.
Não procure querer conhecer seu futuro antes da hora,
nem exagere em seu sofrimento,
esperar é dar uma chance à vida para que ela
coloque a pessoa certa em seu caminho.
A tristeza pode ser intensa, mas jamais será eterna.
A felicidade pode demorar a chegar,
mas o importante é que ela venha para ficar
e não esteja apenas de passagem, como acontece
com muitas pessoas que cruzam nosso caminho.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Não sou mais a mesma  pessoa de antes, estou revendo os meus conceitos e valores. Não corro mais atrás de ninguém que me despresa. Me amo e me valorizo. Só faço valer a pena a quem realmente quer fazer acontecer.
Até quando você vai ficar chorando ? Até quando ficará sofrendo por alguém que não se importa com você ? E nem se quer te ama ? É um sofrimento inútil. Chore, mas chore mesmo, mas por alguém que vale a pena. Todo começo tem um fim, então levante a cabeça e viva, viva cada momento da sua vida como se fosse o último, apenas seja feliz. Não existe essa tese de que se ama só uma vez na vida, você pode amar muitas vezes, e nunca se arrependa de ter amado alguém, mesmo que essa pessoa não tenha correspondido, você o amou e é isso que importa. Amar é o sentimento mais puro e sublime que existe.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Esperando Bem Aqui

Oceanos de distância dia após dia
E lentamente vou enlouquecendo
Ouço sua voz no telefone
Mas isso não acaba com a dor

Se vejo você como uma impossibilidade
Como podemos dizer que é para sempre?

Aonde quer que você vá,
O que quer que você faça
Estarei bem aqui esperando por você
Seja lá o que for necessário
Ou como meu coração fique partido
Estarei bem aqui esperando por você

Eu dava como certas todas as vezes
Que pensei que duraria de alguma forma
Ouço a risada, sinto o gosto das lágrimas
Mas não posso me aproximar de você agora

Você não consegue ver isso,
Você está me levando à loucura

Me pergunto como podemos sobreviver à
Este romance
Mas se, no final, estiver com você
Eu aceitarei a chance

segunda-feira, 7 de março de 2011

Chorar pra mim é quando aquele amor gostoso, aquele amor que te fazia sorrir vai embora. Não embora do peito, mas embora das mãos, embora dos lábios, embora do toque. De que adianta amar sem sentir o afago quente no abraço, a mão na cintura, o aperto na nuca, o arrepio da mordida na orelha? Só resta as lárgimas, só fica o aperto, o choro recolhido atrás da porta pra ninguém ver, a fungada de nariz baixinha pra ninguém zombar desse seu amor bobo. Bobo nada! Não está nas mãos, mas ainda vive no coração, na mente, se sente ainda o cheiro, a mordida na nuca, o toque dos lábios, a mão respeitosa no joelho, o beijo na testa. E o choro vem e as lágrimas percorrem pela lembrança e vai levando aos poucos tudo que aquele amor gostoso deixou pra trás.
É difícil compreender o rumo da vida em alguns momentos. Mas de uma coisa não se pode esquecer: Nada é a toa. Às vezes, o melhor parece ser o pior, e o certo aparenta ser errado, mas tudo faz parte, tudo contribui ao crescimento e tem um porquê. Viver vai muito além de explicações e ultrapassa todo e qualquer entendimento.

 
 
Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome… Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é…Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de… Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é… Respeito.
Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável… Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama… Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é… Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a… Humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é… Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é… Saber viver!!!
Atitude: Uma coisa que qualquer mulher admira, acho lindo homens que tem atitude, que não tem medo de chegar em você, que não tem medo de falar sobre os seus sentimentos e que luta por você.


Entenda que se uma pessoa realmente gosta de você, ela corre atrás. Pare de se iludir com uma pessoa que não liga e não se importa com você ou com seus sentimentos. Quem ama, cuida. Quem gosta, protege e se importa. O resto, é resto, e de resto meu bem, ninguém vive!